O primeiro encontro com a Redação

Por Bruno Lee, 25, trainee da turma 54 Aconteceu na sexta-feira passada, mas estava marcado há algum tempo. O primeiro encontro, olhos nos olhos. Era 7 de Setembro e nós, os novos trainees, estávamos escalados para o plantão. Era o meu primeiro real contato com o jornalismo. Eu e a minha dupla, Beatriz, fomos designados para ficar no caderno “Poder”, […]

Leia Mais

Sobre a obrigatoriedade do diploma

Um debate sem fim. Dois grandes jornalistas, que escreveram no sábado (1/9) na seção Tendências/Debates, nos ajudam a pensar. Clóvis Rossi defende a não obrigatoriedade. Aos 69 anos de idade e 49 de profissão, é colunista da Folha. Para ele, “jornalismo é um exercício basicamente simples, que depende da boa execução de apenas quatro verbos: […]

Leia Mais

O valor do jornalista

O futuro de nossa profissão está o tempo todo em debate, principalmente porque ocupamos um lugar bem no centro da revolução que envolve o desenvolvimento das tão famosas ICTs (tecnologias de informação e comunicação, na sigla em inglês). O uso de mídias sociais e seu uso para mobilização em prol de alguma causa parece que […]

Leia Mais

Seis mitos sobre o trabalho do freelancer

Apesar da aparência do frila abaixo, nem todos os mitos são ruins: (Vi primeiro no Webmanário)

Leia Mais

Por que todo jornalista deveria aprender design gráfico

A jornalista Hannah Bass defende que todo jornalista deve ter noções (e praticá-las em ferramentas como o InDesign) de design e diagramação, porque elas ajudam a entender como é importante a maneira visual usada para transmitir sua mensagem e os potenciais de uma diagramação. Tudo junto faz parte da experiência de leitura e quanto maior […]

Leia Mais

De jabás e jogo-duplo

O crítico da Folha ANDRÉ BARCINSKI escreveu outro dia um ótimo post sobre os perigos de se aceitar jabás ou de fazer trabalhos de assessoria quando se atua como jornalista. São questão éticas sérias, que fazem muito sentido. O Manual da Redação da Folha é bastante claro quanto ao que acha da prática: “Para evitar real ou […]

Leia Mais

Renovação X Experiência

O leitor Marcelo nos enviou a seguinte reflexão/dúvida: “Sou recém formado em jornalismo e trabalho em um grupo de mídia do Brasil. Moro em Belo Horizonte e a presença desse grupo na cidade é bem forte e marcante através de jornais impressos, revistas e uma emissora de TV. Até aí, tudo bem. O que me […]

Leia Mais

Das vantagens de ser um jornalista iniciante

A leitora Juliana, de Beagá, pediu um post sobre as vantagens de ser um jornalista estagiário ou recém-formado — enfim, um iniciante. Consegui pensar em algumas: Temos mais entusiasmo, porque tudo parece um desafio novo e excitante. Temos um leque imenso de opções de mercado, justamente por ainda não termos bem definido uma área de […]

Leia Mais

“Coragem” na TV

Em clima de feriado, uma charge com humor e crítica ácida ao mesmo tempo, para refletirmos:  

Leia Mais

“Pode soletrar seu nome?”

O nome da entrevistada é Joana. É um nome até simples, comum. Mas eu pergunto: com um N só? Tem H? E sempre aponto para o jeito como escrevi no bloquinho e mostro a ela: “É assim mesmo?”. Pode ser um Joana da Silva, eu mostro como escrevi. Se é por telefone, soletro para ter […]

Leia Mais