Fundação leva mulheres jornalistas para viagens de reportagem na África

A International Women’s Media Foundation (Fundação Internacional de Mídia e Mulher) está oferecendo financiamento para mulheres jornalistas interessadas em desenvolver reportagens no continente africano.

O programa “African Great Lakes Reporting Fellowships” levará, simultaneamente, um grupo de repórteres para cobrir temas de agricultura e mudanças climáticas em Kigali, em Ruanda, e outro para produzir reportagens sobre o engajamento civil em Kinshasa, na República Democrática do Congo.

Fundação leva mulheres jornalistas para viagens de reportagem na África (Divulgação/IWMF)

Na primeira etapa das viagens, que acontece entre 2 e 18 de maio, as participantes de ambos os grupos passarão por treinamentos e orientações de segurança em Nairóbi, no Quênia.

Todos os gastos com passagens, acomodação e alimentação serão cobertos pela IWMF.

Podem se inscrever profissionais de qualquer nacionalidade com no mínimo três anos de experiência em jornalismo. Também é exigida fluência em inglês.

É possível se candidatar pelo site até 19 de fevereiro.