Bolsa para programa de jornalismo científico no MIT aceita candidaturas internacionais

A bolsa Knight Science Journalism Fellowship Program, que leva jornalistas de todos os países para cursar um programa de especialização na cobertura de ciências, saúde, tecnologia e meio ambiente no MIT (Instituto Massachusetts de Tecnologia), está com as inscrições abertas até 28 de fevereiro.

Podem se candidatar jornalistas que atuem como repórteres, redatores, editores, produtores, ilustradores, cinegrafistas e fotojornalistas.

É exigido que o profissional tenha pelo menos três anos de experiência na cobertura de ciência, tecnologia ou temas correlatos.

Campus do MIT, em Cambridge (Divulgação)

Ao longo do programa, que terá início em agosto e duração de nove meses, os selecionados desenvolverão pesquisas e participarão de viagens, treinamentos e seminários.

Cada um dos 10 contemplados receberá uma ajuda de custo de U$ 70 mil (R$ 226,1 mil), além de cobertura de plano de saúde. Em contrapartida, é exigido que eles não trabalhem durante o período na universidade.

Para se inscrever, basta enviar uma série de documentos, como currículo e referências profissionais, além de uma proposta de pesquisa, pelo site do programa.

Os nomes dos contemplados pela bolsa serão anunciados em maio.