Organização internacional premia reportagens sobre migração e direitos humanos

Por treinamento

O prêmio de jornalismo sul-americano da Organização Internacional para as Migrações (OIM), órgão ligado à ONU, aceita, até 20 de janeiro de 2018, inscrições de trabalhos sobre migração e direitos humanos.

O objetivo é que as reportagens levem em consideração perspectivas de gênero e tratem de assuntos como o acesso dos migrantes a direitos básicos como saúde, trabalho e educação, e as causas e consequências dos movimentos migratórios.

O concurso é aberto a jornalistas brasileiros e de outros nove países da América do Sul (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Paraguai). São aceitas matérias veiculadas em qualquer tipo de mídia, em português ou espanhol, entre 1º de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2017.

Prêmio de jornalismo da OIM aceita inscrições até 20 de janeiro (Divulgação/ONU Brasil)

Serão homenageados dez profissionais – um de cada nacionalidade -, que ganharão uma estatueta e uma viagem para participar da cerimônia de premiação em Buenos Aires, em data a ser definida. Na Argentina, eles poderão participar de uma capacitação sobre cobertura jornalística de temas de migração e direitos humanos.  

O anúncio dos vencedores acontecerá em fevereiro de 2018.

Para se inscrever, basta preencher o formulário disponível no site.