Site mexicano faz sucesso nas redes sociais transformando notícias em ilustrações

Por treinamento

Criado no México em 2015, o Pictoline surgiu como um site de notícias com uma proposta singular: transformar informação em imagem. O portal publica, diariamente, os chamados “bacons” -nome inspirado no mascote da marca, um porco-, que nada mais são que ilustrações, GIFs, infográficos e histórias em quadrinhos que traduzem e explicam alguns dos mais importantes acontecimentos do momento.

Com identidade visual marcante, os desenhos, que tratam tanto de questões da política mundial quanto de cultura pop, ciência e arte, conquistaram, em apenas dois anos, uma presença invejável nas redes sociais. Hoje, o Pictoline reúne 2,6 milhões de curtidas no Facebook, 1 milhão de seguidores no Twitter e 380 mil no Instagram.

X

Tamanha popularidade tem mostrado que as imagens são grandes atrativos na disputa pela atenção dos internautas, principalmente os mais jovens. Segundo um dos co-criadores, o ilustrador Eduardo Salles, isso se deve pelo fato de que elas focam apenas na parte importante das histórias, e não dão margem para o excesso de informação disponível hoje na internet.

“Ilustrações geralmente são vistas apenas como um complemento do texto. Para nós, elas são todo o conteúdo”, disse Salles em artigo publicado no NiemanLab.

O foco do Pictonline não é na reportagem nem na notícia quente, mas na breve contextualização dos fatos mais comentados nos noticiários e nas próprias redes sociais. Dentre os temas abordados nos últimos dias, estavam a violência contra a mulher e a declaração de independência da Catalunha, publicados junto com o explicações sobre o aumento da temperatura dos oceanos e dicas para cuidar de gatos.

Os “bacons” são fruto do trabalho de uma equipe de 16 pessoas, incluindo ilustradores, escritores e editores, que já produziram mais de 1.500 figuras. Já bastante consolidado entre os países hispânicos, o Pictoline apostará agora no público global, segundo Eduardo Salles.