Premiação paga até R$ 12,5 mil para reportagens de economia

Por treinamento

Concedido pela escola de negócios espanhola IE Business School, o Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano reconhece reportagens que contribuam para difundir a cultura econômica na sociedade.

Aberta a jornalistas da comunidade ibero-americana, a sétima edição do concurso se divide em duas modalidades. Na primeira, de obra jornalística, é possível concorrer nas categorias de imprensa diária e na de imprensa não diária, que pagam U$ 4 mil (R$ 12.544) cada uma.

 

Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-americano homenageia reportagens que contribuam para difundir a cultura econômica na sociedade (Divulgação)

A segunda, voltada a meios de comunicação, abrange as categorias de impressos diários, de veículos digitais, televisivos ou impressos não diários, e de meios regionais sediados fora de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. As empresas vencedoras receberão uma escultura.

Cada profissional pode inscrever até duas matérias, enquanto para veículos não há um limite de publicações a serem consideradas.

Para se inscrever, é possível enviar os trabalhos por e-mail até 30 de janeiro de 2018. Serão aceitas matérias divulgadas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2017.

O regulamento da premiação está disponível no site.