Organização Chicas Poderosas lança aceleradora voltada para mulheres empreendedoras de mídia

Por treinamento

A organização internacional Chicas Poderosas vai lançar no Brasil uma incubadora para acelerar projetos de mulheres que queiram empreender em mídia. Batizada de NVL (New Ventures Lab), a iniciativa terá início em 29 de janeiro de 2018 e contará com 17 semanas de mentoria.

Imagem mostra cronograma de funcionamento da incubadora (Imagem: Divulgação)

O objetivo é incentivar o desenvolvimento de empresas midiáticas e independentes com lideranças femininas latino-americanas, diminuindo a desigualdade de gênero nos altos cargos editoriais. Para isso, o programa também fará investimentos nesses projetos.

 A aceleradora será sediada em São Paulo. Junto com Manaus e Recife, a cidade receberá workshops de design-thinking em outubro deste ano para orientar pessoas de outras regiões que tenham vontade de se inscrever.

 Para participar do NVL, as interessadas deverão apresentar suas propostas nas datas que serão anunciadas após esses encontros.

A exigência é que, mesmo que mistos, os grupos sejam liderados por uma mulher. Serão selecionadas de seis a oito equipes.

 “Escolhemos o Brasil porque é o único país da América Latina que não fala espanhol. Queremos empoderar mulheres que querem empreender em outros países, mas que são isoladas por uma barreira linguística”,  diz a designer portuguesa Mariana Santos, fundadora do Chicas Poderosas.

 O cronograma do NVL está disponível aqui.