Universidade americana oferece bolsa para curso de fotografia e justiça social

Por treinamento

Jovens interessados em projetos para corrigir injustiças, buscar igualdade social e o avanço dos direitos humanos através da fotografia têm até o dia 5 de janeiro de 2017 para se inscrever no Programa de Fotografia e Justiça Social da Fundação Magnum.

Podem participar fotógrafos, jornalistas, artistas, estudantes e ativistas que estejam em início de carreira, sejam de fora dos Estados Unidos e da Europa Ocidental e não tenham formação de nível universitário em fotografia. Para se inscrever, é preciso ser fluente em inglês.

bolsa
Imagem mostra rotina de famílias que deixaram a Crimeia após sua anexação à Rússia em 2014 (Foto: Anastasia Vlasova)

Os aprovados passarão por um curso de seis meses na CUNY Graduate School of Journalism, em Nova York, que inclui laboratórios, treinos técnicos, palestras e discussões que exploram o papel da fotografia como uma forma de engajamento social. Durante esse tempo, os participantes também produzirão, com a ajuda de fotógrafos e artistas da fundação, um projeto com o objetivo de aprimorar a justiça social em suas comunidades.

O programa cobrirá todos os custos com viagem, hospedagem e alimentação. Os bolsistas ainda receberão uma ajuda de custo para a realização de seus projetos.

Os participantes serão selecionados a partir da análise de currículos e das fotografias enviadas. Também haverá uma avaliação de proficiência no uso da língua inglesa.

Faça aqui sua inscrição.