Veja como acessar informações sobre as contas de todos os municípios de SP

Por treinamento

Em workshop para jornalistas realizado no TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo), técnicos mostraram como encontrar informações sobre as contas dos municípios do Estado nas ferramentas digitais da instituição.

O portal do tribunal foi desenvolvido com software livre e tem dados abertos. A partir da seção de transparência, é possível acessar informações sobre receitas, despesas e população de todos os municípios de São Paulo.

tcesp

A página de transparência mostra, por exemplo, que o município que mais gastou por morador até o momento em 2016 é o de Ilha Comprida, que empenhou uma média de R$ 10.914,58 por pessoa. Ao lado da tabela de despesas, na opção “detalhar”, ainda é possível acessar informações específicas sobre onde os gastos foram feitos.

O site também oferece dados sobre gastos com passagens e locomoção, saúde per capita, obras públicas e despesas por fornecedor, entre outros, e disponibiliza um glossário, que explica os principais termos utilizados.

No próprio site do TCE, do lado direito da página, é possível fazer buscas de processos através do número correspondente ou por jurisprudência. Caso não tenha o número, a opção “pesquisa avançada” oferece a possibilidade de buscar por matéria, data de autuação, relator ou auditor.

A página ainda permite que o jornalista pesquise a relação de empresas apenadas, publicada mensalmente no Diário Oficial do Estado, e a lista de responsáveis por contas consideradas irregulares pelo tribunal, atualizada diariamente.

Outra seção do site, a página do Índice de Efetividade da Gestão Municipal oferece avaliações entre “altamente efetiva” e “baixo nível de adequação” para municípios de São Paulo, dentro de critérios como saúde, educação e planejamento.

Também é possível encontrar um mapa que registra o parecer do TCE sobre os municípios. Para acompanhar uma prefeitura específica, os jornalistas ainda podem se inscrever no serviço de acompanhamento e notificações por e-mail do tribunal.

“Cadastrando-se no nosso sistema, você acompanha e recebe mensagens com novas versões dos processos de determinada prefeitura toda vez que houver alterações”, explicou Fábio Xavier, diretor-técnico de sistemas.