Jornalista aponta nove ferramentas digitais mais usadas em Redações de Londres e Nova York

Por treinamento
Durante o desenvolvimento de uma ferramenta para monitoramento de redes sociais, uma equipe de jornalistas entrou em contato com Redações de veículos de imprensa de Nova York e de Londres.
 
Em seu site, a jornalista Rebecca Searles, integrante da equipe, listou as ferramentas digitais mais utilizadas por repórteres e editores dessas Redações. Veja quais são:
 
1- Slack
 
Em muitos dos locais pesquisados, o aplicativo de mensagens Slack era uma ferramenta popular para a comunicação simples e rápida e o compartilhamento de arquivos entre funcionários, mais veloz do que o e-mail e com mais funcionalidades do que grupos de conversa. O app também reúne uma série de ferramentas, eliminando a necessidade de abrir diferentes aplicativos no celular.
 
2- Tweetdeck
 
O Twitter ainda é uma das redes sociais mais usadas por jornalistas. O TweetDeck é um aplicativo que possibilita a organização de fluxos de informação tanto do Twitter quando do Facebook, ajudando no monitoramento de perfis e engajamento de leitores.
 
3- Buffer ou Social Flow
 
São duas ferramentas de gestão de posts. O Buffer permite o agendamento de posts em diferentes redes sociais no horário que você achar mais adequado. O Social Flow realiza uma análise própria de parâmetros e conteúdo e faz postagens nos momentos em que elas deverão ter mais ressonância com o público.
 
4- Twitter e Facebook
 
As duas redes sociais ainda são os primeiros lugares onde jornalistas buscam acontecimentos e tendências. O Twitter costuma ser melhor para identificar notícias recentes, enquanto o Facebook é mais utilizado por editores para entender discussões em torno de temas determinados.
 
5- Chartbeat
 
A ferramenta que analisa o tráfego de sites em tempo real tornou-se importante em diversas Redações. Ela é usada por editores para tomar decisões, de acordo com os conteúdos que são mais acessados e com aqueles que não atraem muito público.
 
6- Nuzzel
 
O aplicativo mostra as notícias mais compartilhadas por seus amigos de Facebook e Twitter ou do grupo de influenciadores que você escolhe seguir. É mais usada para alertar jornalistas para histórias que ganham visibilidade em suas redes.
 
7- CrowdTangle
 
Ao mostrar quais posts têm melhor performance na sua ou em outras páginas do Facebook, a ferramenta permite que jornalistas tomem melhores decisões sobre o que querem cobrir e promover na rede social.
 
8- Alertas do Google ou Dataminr
 
São duas ferramentas de notificação. Os alertas do Google avisam sempre que algum novo conteúdo é postado na internet, de acordo com palavras-chave definidas pelo usuário, enquanto o Dataminr presta o mesmo serviço, mas aplicado a tweets.
 
9- Pesquisa reversa de imagem no Google
 
O serviço, que faz pesquisas por imagem, é importante para determinar a origem de uma foto e pode ser utilizado por jornalistas para evitar o uso de imagens falsas ou alteradas.