Ex-jornalista da Folha, Oscar Pilagallo lança seu primeiro livro de ficção

Para escrever ficção, o jornalista Oscar Pilagallo, que trabalhou muitos anos na Folha, diz que precisou desaprender algumas coisas da profissão. Vontade antiga, ele lança seu primeiro romance ficcional, “Lua de Vinil”,  nesta segunda-feira (1º), na Livraria da Vila do shopping Pátio Higienópolis.

O jornalista e escritor Oscar Pilagallo, que estreia na ficção com o livro “Lua de Vinil” (Foto: Fabio Braga/Folhapress)

“É preciso fazer um esforço para aprender a ser ficcionista. Como jornalista, a coisa sai muito rápido, o que para livro de ficção não funciona”, explica. Segundo ele, uma das maiores dificuldades foi encontrar uma outra voz, que fosse mais pessoal, para desenvolver a história.

Voltado ao público jovem adulto, “Lua de Vinil” conta a história do jovem Giba, que provoca um acidente e deixa um garoto da vizinhança ferido. A partir daí, o romance —cuja narrativa se passa na São Paulo da década de 1970— trata dos dilemas morais do protagonista.

Pilagallo teve passagens pela Folha nos anos 1980 e 1990, quando exerceu os cargos de repórter da então editoria “Economia” e de editor dos cadernos “Dinheiro” e “Sinapse”. A partir de 2000, tornou-se colaborador do jornal e publicou alguns títulos para a Publifolha e para a Três Estrelas. Entre eles, “A aventura do dinheiro” (2000), “História da imprensa paulista” (2012) e “O Golpe de 64” (2014).

LUA DE VINIL
AUTOR: Oscar Pilagallo
EDITORA: Seguinte
QUANTO: R$ 29,90 (168 págs.)
LANÇAMENTO: Dia 1º/8, das 18h às 22h, na Livraria da Vila do shopping Pátio Higienópolis, av. Higienópolis, 618

Comentários

  1. Companheiros do Treinamento,
    Muito obrigado pela divulgação do meu livro.
    Se estiver em tempo, peço duas pequenas correções: o público-alvo é o “jovem adulto” não o infantojuvenil (importante dizer, porque alguns trechos talvez sejam inadequados para crianças…); e a ficha técnica, salvo engano, é a do livro do Hélio. Sempre uma honra qualquer tipo de associação com Hélio, de quem sou fã declarado, mas só para não afugentar eventuais futuros leitores, o meu, da editora Seguinte, é mais baratinho, R$ 29,90.
    🙂
    Obrigado, gente!
    abraço do Oscar

Comments are closed.