‘Escrever todo dia, no mesmo horário’; escritor indiano dá 10 dicas para escrever melhor

Por treinamento

Ao ser contratado pela revista indiana “Tehelka” para ser colunista de literatura, o jornalista e escritor Amitava Kumar conheceu algumas regras de “como escrever bem” que circulavam pela Redação. Foram ditadas por V. S. Naipaul, vencedor do Nobel de Literatura em 2001, autor de “Uma Curva no Rio” (Companhia das Letras, 320 p.) e um dos sócios do veículo.

Entre as recomendações de Naipaul estavam “fazer frases curtas” e “evitar o abstrato”. Hoje professor da Universidade Vassar (EUA), Kumar diz que passou a se inspirar naquelas dicas e, em artigo em inglês na revista “Indian Quarterly”, montou sua própria lista de dez regras para se escrever melhor. Confira:

O escritor indiano Amitava Kumar, professor da Universidade Vassar College (Foto: Reprodução/Twitter)

1. Escreva todo dia
Você produzirá mais quando se convencer de que nenhum dia pode passar em branco.

2. Tenha uma meta razoável
É importante definir um objetivo diário que possa ser cumprido mesmo quando há pouco tempo livre. Mire em 150 palavras por dia.

3. Escreva sempre no mesmo horário
Conselho da vencedora do Nobel de Literatura em 1993, Toni Morrison: “Eu digo aos meus alunos que uma das coisas mais importantes é saber em que momento do dia estão no auge, criativamente.”

4. Desconecte-se
Para evitar distrações na hora de escrever, use o aplicativo “Freedom”, disponível de forma gratuita para Android e iOS. O app bloqueia o acesso à internet por um tempo determinado pelo usuário.

5. Ande por 10 minutos
Ou vá correr. Se você não se exercita regularmente, não escreve regularmente.

6. Tenha uma estante pessoal
Tenha no máximo dez livros que te guiem pela escolha crítica de método ou estilo. Eleja os autores ou artistas que dialogam com você.

7. Apague o que soar como “linguagem de currículo”
Evite a linguagem utilizada em cadastros para concursos ou empregos por ser “abominável: empolada e cheia de jargões”.

8. Aprenda a dizer não
Diga não quando uma solicitação afasta você daquilo que quer escrever. Isso se aplica àquele amigo editor que pede uma resenha ou um ensaio ou mesmo ao amigo que está editando uma antologia.

9. Termine uma tarefa antes de assumir outra
Um caderno em mãos pode ser útil para anotar ideias de projetos futuros mas é ainda mais importante terminar o trabalho que está em execução.

10. A regra acima precisa ser repetida
Não tente escrever dois livros ao mesmo tempo. Cale seu ‘editor interno’ e complete a tarefa que tem em mãos no momento.