Jornalistas da Folha são escolhidos para bolsa de mestrado no exterior

Por treinamento

Os jornalistas da Folha Diogo Bercito, correspondente do jornal no Egito, e Giuliana Vallone, editora-adjunta da revista “sãopaulo”, foram premiados com bolsas de estudo para mestrado no exterior pelo Instituto Ling.

Eles foram contemplados na sétima edição do programa Jornalista de Visão. A iniciativa oferece bolsas de pós-graduação para jornalistas de 25 a 35 anos, selecionados entre dezenas de indicados por diretores de redação, editores e jornalistas consagrados.

Giuliana_Vallone
Jornalistas Giuliana Vallone e Diogo Bercito (Fotos: Gabriel Cabral; Marcelo Justo/Folhapress)

Bercito, 28, ganhou bolsa de US$ 50 mil para escolher uma pós-graduação onde quiser. Ele é mestre em estudos árabes e islâmicos contemporâneos pela Universidade Autônoma de Madri e diz que antes do prêmio já pesquisava “opções nos Estados Unidos para prosseguir com os estudos”.

Já Giuliana tem destino definido: estudará no Instituto de Ciências Políticas da Universidade Católica Portuguesa por um ano, a partir de setembro de 2017.

 “Achei que era importante ter um mestrado na carreira. Tinha essa vontade desde que voltei de Nova York, onde era correspondente”, diz Giuliana.

JORNALISTA DE VISÃO

O Programa Jornalista de Visão não abre inscrições para o público geral. Em vez disso, candidatos com “perfil de liderança” e com “desempenho profissional” adequado são recomendados por jornalistas mais experientes.

Na sétima edição do programa, 156 jornalistas convidados indicaram 71 jovens participantes. Destes, 47 confirmaram a inscrição e apenas sete foram contemplados com bolsas.

O Instituto Ling organiza o Jornalista de Visão desde 2010. Outros jornalistas da Folha foram selecionados em edições anteriores, como o colunista Bernardo Mello Franco e o editor-adjunto de “Poder” Rodrigo Vizeu.

Os vencedores desta edição do programa serão apresentados oficialmente em São Paulo (SP), em 1º de agosto.

Além de Diogo Bercito e Giuliana Vallone, outros cinco jornalistas foram contemplados. Confira os vencedores abaixo:

*

Bárbara Ladeia, editora no “Diário do Comércio”

Guilherme Waltenberg, repórter de economia e política no “Correio Braziliense”

Letícia Duarte, repórter especial do “Zero Hora”

Pedro Burgos, pesquisador no The Marshall Project e no site Oene

Tiago Ornaghi, editor especial no Fantástico, da TV Globo