Bolsistas de Michigan conhecem o cotidiano das periferias de São Paulo

Por treinamento
Por Cleber Arruda, editor e correspondente da Brasilândia da Agência Mural


Tomar caldo de cana em uma feira livre, participar de uma roda de capoeira, conhecer uma exposição de grafite a céu aberto.


Essas foram algumas das atividades das quais o grupo de jornalistas integrantes do programa de estudos Knight Wallace, da Universidade de Michigan (EUA), participaram em bairros periféricos da capital paulista e em Itapevi, na Grande São Paulo, no último dia 21, um domingo.


Os passeios dos 19 bolsistas do programa coordenado pela universidade norte-americana, que tem parceria com a Folha, foram acompanhados pelos correspondentes comunitários da Agência Mural –os muralistas. A proposta principal era mostrar o trabalho de jornalismo hiper-local e um pouco do cotidiano dessas regiões.


1 - Os jornalistas Gregory Frank Amante, Saundra Marie Amrhein e Birgit Rieck visitaram CEU Paz, no Jardim Paraná, Brasilândia, zona norte de SP
Os jornalistas Gregory Frank Amante, Saundra Marie Amrhein e Birgit Rieck visitaram CEU Paz, no Jardim Paraná, Brasilândia, zona norte de SP


“Nosso objetivo é apresentar para os jornalistas estrangeiros as regiões periféricas da cidade, a partir da visão dos próprios moradores”, explica a jornalista Lívia Lima, 29, que acompanhou um grupo em Itaquera, zona leste de São Paulo.


Artistas, lideranças comunitárias, produtores culturais, estudantes, comerciantes, entre outros moradores, fizeram parte dos circuitos de visitas e puderam trocar experiências com os bolsistas.


“A visita foi incrível. Os jornalistas estrangeiros mostraram muito interesse em nos ouvir e conhecer as nossas realidades, o que produzimos para melhorar nossa situação, fugindo dos estereótipos de violência e criminalidade”, avaliou a educadora popular Noemia de Oliveira Mendonça, 56.


Grupo participou de aula de zumba com o professor Thomaz Pro, no Centro de Referência da Juventude.
Grupo participou de aula de zumba com o professor Thomaz Pro, no Centro de Referência da Juventude, em Itapevi, grande São Paulo.


Acompanhadas pelos muralistas, as equipes se dividiram em seis trajetos. Na zona norte, os grupos foram para Brasilândia, Taipas, Jova Rural e Jaçanã. Na zona leste, as visitas foram aos bairros de Itaquera e Itaim Paulista. Na Grande São Paulo, os bolsistas estiveram na cidade de Itapevi.


Este é o segundo ano consecutivo que o Blog Mural é convidado pela Folha para participar de atividades propostas durante a visita dos jornalistas ao Brasil.


Veja fotos dos passeios em cada local e leia mais no site da Agência Mural.