Conheça cinco ferramentas que ajudam em apuração jornalística

Por treinamento

Apurações pela internet estão no cotidiano dos jornalistas, o que torna necessário o uso de ferramentas digitais e extensões de navegadores.

O First Draft listou cinco opções que podem agilizar em minutos, ou horas, o trabalho no computador.

*

Storyful Multisearch

A ferramenta, da Storyful, ajuda a procurar informações em redes sociais, com apenas a localização e algumas palavras-chave, pesquisando em sites como Twitter, Vine, YouTube, Tumblr, Instagram e Spokeo.

Quando se faz a pesquisa, é possível filtrar e evitar os retuítes, aproveitando ainda a busca avançada do Twitter.

Também é viável customizar a pesquisa de vídeo no Twitter e, no YouTube, a busca traz uma lista com filmes ordenados por data de upload, evitando canais e playlists.

Disponível em: Chrome

*

Google Translate

Com a ferramenta, é possível selecionar um trecho do texto e tê-lo traduzido automaticamente em uma janela pop-up.

Para agilizar, uma dica é mudar o idioma padrão da extensão.

Disponível em: Chrome, Firefox e Opera

*

RevEye

A ferramenta ajuda a conferir se uma foto é noticiável –batida ou não–, pesquisando em bancos de imagens on-line.

Google e TinEye costumam ser os mais usados nesse tipo de pesquisa. O RevEye, além de fazer buscas nesses dois sites, utiliza bancos de imagens do Bing, da Microsoft, do russo Yandex e do chinês Baidu, o que aumenta expressivamente o campo de atuação.

Disponível em: Chrome. Search Image Everywhere é uma boa alternativa no Firefox

*

Distill Web Monitor

A ferramenta permite receber notificações, via pop-up, e-mail ou SMS, de atualizações nos sites que você quiser.

É possível monitorar apenas uma parte do site ou a página inteira, selecionar a frequência que a ferramenta checará as atualizações, como você será notificado e filtrar a pesquisa por palavras-chave.

Disponível em: Chrome, Firefox e Opera

*

Jeffrey’s Exif Viewer

A ferramenta ajuda a conferir os metadados de uma imagem, informações como horário, local e o dispositivo usado quando a imagem foi capturada –conhecido por EXIF.

Quando se tem a imagem no computador, o recomendado é checar as informações no site do Jeffrey’s Exif Viewer. Caso a imagem esteja na internet, é possível utilizar essa ferramenta.

Infelizmente, quase todas as redes sociais tiram os dados EXIF de uma imagem quando elas são carregadas, e alterar ou cortar uma foto também pode remover esses dados. Logo, é bom saber que nem todas as imagens terão as informações que você procura.

Disponível em: Chrome