Veja dicas para pesquisar e contar histórias usando tweets

Por treinamento

1. Selecione quem você segue de acordo com seus interesses

 
Seguir jornalistas é uma boa opção, mas tome cuidado para não ter só colegas de trabalho na sua timeline. Siga pessoas influentes e fique de olho nas sugestões que o Twitter oferece sobre quem seguir. Isso ajudará a se manter informado e a conseguir novas pautas e fontes.

Sugestões apresentadas pelo Twitter
Sugestões apresentadas pelo Twitter

 

2. Crie listas

 
As listas são uma boa maneira de se manter informado sem poluir a timeline. Selecione determinadas contas por temas (esportes ou celebridades, por exemplo) e agrupe-as em uma lista. Esses tweets não aparecerão na sua timeline, mas, sempre que quiser, você pode acessá-los ao clicar na lista. Você pode tornar suas listas públicas e tuitá-la para seus seguidores.

 

Lista com contas de alguns jornalistas e colunistas da Folha
Lista com contas de alguns jornalistas e colunistas da Folha

 

3. Seja rápido

 
Velocidade é tudo no microblog. Tuitar as coisas no momento em que elas acontecem aumenta as chances de ganhar visibilidade e retweets. Oitenta por cento dos tweets virais são retuitados nos 10 primeiros minutos de publicação.
 

4. Use o Tweetdeck

 
A ferramenta permite personalizar colunas com notificações, hashtags, contas específicas. Também permite fazer pesquisas mais apuradas e programar tweets.

Tweetdeck
Plataforma Tweetdeck

 
 

5. Para pesquisar, use o Curator

 
Não permite postar, mas ajuda a criar “collections”. As coleções são grupos de tweets sobre um tema escolhido e podem ser embedadas em sites e blogs ou tuitadas para os seus seguidores. A ferramenta de busca do Curator é bem eficiente: é possível filtrar tweets por localização (inclusive com coordenadas geográficas), usuário, idioma etc. Há filtros curiosos, como linguagem ofensiva ou sentimento positivo/negativo em relação a determinado tema. Isso pode ser bem útil para encontrar fontes.

Simulação de pesquisa sobre o filme Star Wars no Curator
Simulação de pesquisa sobre o filme Star Wars no Curator

 

6. Conte histórias usando tweets

 
Os tweets podem ser muito úteis para contar uma história, especialmente em ordem cronológica. Você pode selecionar os primeiros tweets sobre um acidente, por exemplo, para ajudar seu leitor a entender como os fatos foram se desenrolando e qual foi a percepção das pessoas envolvidas naquele momento. Abaixo, a série de tweets da ministra Kátia Abreu sobre a discussão que teve com o senador José Serra.

 

 

7. Verifique sua conta

 
Isso dá mais credibilidade, inclusive na hora de conseguir entrevistas. É muito comum que jornalistas achem fontes no Twitter e peçam entrevistas pelo microblog. Ter a conta verificada é uma forma de conquistar a confiança dos seus seguidores e de possíveis fontes.

Para verificar sua conta, é preciso entrar em contato com o Twitter e atender a alguns requisitos: a conta precisa estar ativa, ter um avatar, estar vinculada a um e-mail corporativo do veículo em que você trabalha e, na sua biografia, é preciso informar o site do veículo e qual a função que você ocupa.
 

8. Mantenha sua conta em segurança

 
Use senhas razoavelmente complexas e troque-as periodicamente. Ter a conta verificada facilita a recuperação caso ela seja hackeada.
 

9. Tenha cuidado com o que você publica

 
Os tweets podem ser deletados, mas há sempre alguém para tirar um printscreen. Da mesma forma, guarde prints dos tweets que você decidir embedar ou citar em uma reportagem para se proteger caso o usuário resolva apagá-los.