Confira 5 bolsas de estudos para jornalistas com inscrições até janeiro

Por treinamento

Quem quer estudar fora do país ainda no ano que vem deve ficar atento.

Confira cinco programas de bolsas de estudos com inscrições abertas até janeiro de 2016.

 

1) JSK Journalism Felloship (EUA)

O programa seleciona projetos sobre desafios do jornalismo. Todos os anos, 20 jornalistas de diferentes países do mundo são escolhidos para passar 10 meses na Universidade Stanford.

A iniciativa oferece bolsa de US$ 65 mil mais adicional de até US$ 50 mil para custeio do projeto, moradia e despesas com a família. Para participar, é necessário ter experiência profissional de no mínimo cinco anos. Inscrições são feitas on-line e vão até 1º de dezembro.

Campus da Universidade Stanford, nos EUA (Foto: Reuters)
Campus da Universidade Stanford, nos EUA (Foto: Reuters)

2) Nieman Fellowship (EUA)

O programa oferece dois semestres na Universidade de Harvard. Também é possível assistir a algumas aulas em outras instituições, caso do MIT. Por ano, são ofertadas 12 vagas para jornalistas de fora dos Estados Unidos.

Candidatos devem ter experiência de pelo menos cinco anos em jornalismo e fluência em inglês. Prazo para se candidatar vai até 1º de dezembro.

Campus da Universidade de Harvard, nos EUA (Foto: Reuters)
Campus da Universidade de Harvard, nos EUA (Foto: Reuters)

3) Sociedade Interamericana de Imprensa (EUA e Canadá)

A SIP oferece bolsas de estudos para jornalistas de qualquer país das Américas. O postulante pode escolher entre universidades dos Estados Unidos ou Canadá. Chances de ser selecionado aumentam se o candidato já tiver sido aprovado no processo interno da instituição escolhida.

Os ganhadores recebem US$ 20 mil para custeio de despesas. É preciso ter entre 25 e 35 anos e apresentar certificado de proficiência em inglês. Inscrições devem ser feitas por e-mail até o dia 15 de janeiro.

 

4) American Association of University Women (EUA)

A AAUW provê bolsas de mestrado (US$ 18 mil), doutorado (US$ 20 mil) e pós-doutorado (US$ 30 mil) para mulheres de outros países que desejem estudar nos Estados Unidos. Para participar, é necessário ter diploma universitário e apresentar certificado de proficiência em inglês.

Candidatas devem estar inscritas no processo seletivo do curso que pretendem fazer até o fim do período de inscrições, em 1º de dezembro.

 

5) Emile-Boutmy (França)

O programa oferece bolsas de estudos para alunos aprovados nos cursos de mestrado ou graduação do Institut d’Études Politiques de Paris (Instituto de Estudos Políticos de Paris), também conhecido como Sciences Po.

Para alunos do mestrado, há diferentes tipo de de bolsa e os valores vão de € 5.000 a €19 mil por ano. Inscrições vão até 15 de janeiro.

Campus da Science Po, em Paris (Reprodução/Facebook)
Campus da Science Po, em Paris (Reprodução/Facebook)