Universidade de Nova York inova e combina jornalismo e design

Por treinamento

A universidade “The New School“, em Nova York, inova e lança programa que combina jornalismo e design.

O curso, patrocinado pela Knight Foundation, foi criado como resposta à crescente demanda por um currículo de jornalismo adaptado ao design thinking –conceito que abrange métodos de análise de informações e planejamento de soluções colaborativas – e aos desafios provocados pela comunicação nas mídias digitais.

As aulas, que cobrem três eixos temáticos centrais (notícias, narrativa e design), são dadas por especialistas em mídias digitais, em comunicação visual e jornalistas.

O departamento acredita que estas áreas estão separadas em “guetos”, mas que na verdade fazem parte da produção jornalística.

A sede de "The New School", em Nova York
A sede de “The New School”, em Nova York/ Crédito: Divulgação

O curso pode ser frequentado nas modalidades de curta e longa licenciaturas, com durações de dois e quatro anos, respectivamente.

Os estudantes desenvolvem capacidades interdisciplinares, que vão desde o tratamento de dados até técnicas de comunicação visual, com o objetivo de promover soluções criativas para o jornalismo da atualidade.

O departamento, criado em 2014, já conta com 240 estudantes matriculados para o semestre –e uma lisa de espera de 60. O programa foi criado a partir de consultas com várias das instituições mais proeminentes em jornalismo e tem como conselheiros personalidades de meios como o “NYT”, “Guardian” e “ProPublica”.