Vencedor do Pulitzer abandonou jornalismo para poder bancar aluguel

Por treinamento

Os vencedores de 2015 do prêmio Pulitzer, o mais importante do jornalismo norte-americano, foram anunciados na última segunda-feira, (20). Entre jornalistas do “New York Times”, “The Washington Post” e “Los Angeles Times” , apareceu um laureado do pequeno “Daily Breeze”, um jornal da cidade de Torrance, na Califórnia, com 63 mil assinantes.

Rob Kuznia, vencedor do Pulitzer de reportagem local por uma investigação sobre corrupção em uma escola, abandonou o jornalismo há seis meses. Razão: não conseguia pagar o aluguel com o salário que recebia.

Kuznia migrou para a área de relações públicas e atualmente trabalha numa fundação ligada à University of Southern California.

Em entrevista ao “New York Times”, o ex-repórter afirmou que o “Daily Breeze” ofereceu-lhe um aumento para evitar que saísse, mas que mesmo assim o salário não seria suficiente.

Rob Kuznia celebrando o Pulitzer recebido com seus ex-companheiros do "Daily Breeze". (Crédito: Scott Varley/The Daily Breeze via AP)
Rob Kuznia celebrando o Pulitzer recebido com seus ex-companheiros do “Daily Breeze”. (Crédito: Scott Varley/The Daily Breeze via AP)