“The Guardian” elege primeira mulher para dirigir o jornal em 194 anos

Por treinamento
O conselho proprietário do jornal britânico anunciou nesta sexta-feira, 20, Katharine Viner como sua nova editora-chefe.
Katherine Viner, primeira mulher a dirigir o “The Guardian” (Crédito: EFE)
Viner, a primeira mulher a ocupar o cargo em 194 anos de história do jornal, foi escolhida pelo conselho do Scott Trust, grupo proprietário do jornal, após ter sido recomendada por 53% dos 839 jornalistas das redações do “The Guardian” e do “The Observer”, publicação dominical do grupo, em uma eleição indicativa realizada no início do mês.
 
Ela assume o posto deixado por Alan Rusbridger, que passou 20 anos à frente da equipe de jornalistas e se prepara para assumir a presidência do Scott Trust.
 
No “Guardian” desde 1997, Viner ocupava o cargo de editora-chefe do “Guardian US”, sucursal do periódico nos EUA, além de uma das cadeiras de vice-editora.  Antes de assumir a filial americana, ela já havia sido responsável por instalar a sucursal do jornal na Austrália.