57 + 12 = 16 trainees

Por aballes

Neste semestre, os oito integrantes da 57ª turma do Programa de Treinamento em Jornalismo Diário se juntaram aos oito membros do 12º Programa de Treinamento em Jornalismo Gráfico e os 16 trainees vão participar de um treinamento integrado, que dura 16 semanas e termina em 23 de maio.

Saiba quem são eles.

57ª TURMA DO PROGRAMA DE TREINAMENTO EM JORNALISMO DIÁRIO

ALAN SANTIAGO – Nasceu em Fortaleza há 25 anos. É graduado em comunicação pela Universidade Federal do Ceará. Trabalhou com jornalismo político e cultural. Tem um livro de contos publicado e recebeu bolsa da Funarte para escrever um romance, que ainda está inédito.

ANGELA BOLDRINI – Paulistana, estudante do terceiro semestre de história na USP e a caçula do grupo, com 18 anos. Apaixonada por idiomas, está aprendendo árabe e quer se especializar em história da África.
 
GIOVANNI BELLO – Tem 23 anos e cursou jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina. Trabalha com fotojornalismo desde o início da faculdade, mas nunca deixou de lado o texto _ motivação inicial para cursar jornalismo.
 
GUILHERME MAGALHÃES– Nasceu em Curitiba, em 1992. É formado em jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e trabalhou como repórter dos jornais literários “Cândido” e “Rascunho”, além de ser jornalista da Biblioteca Pública do Paraná.
 
IONE DIAS DE AGUIAR – Paulistana do Bixiga, tem 22 anos e se formou em jornalismo pela Cásper Líbero. Entusiasma-se com boas histórias e gosta de saber como tudo funciona. Seus interesses vão de geopolítica a gastronomia.
 
JOSÉ MARQUES – Nascido no interior da Bahia, é apaixonado por escrita e leitura desde pequeno. Trabalhou com jornalismo de cidade, política, cultura e comportamento em Salvador.
 
LUIZA MELLO FRANCO – Nasceu e cresceu no Rio de Janeiro. Aos 18, foi morar na Escócia, onde se formou em história pela Universidade de Edimburgo. De volta ao Brasil, trabalhou na editora Cosac Naify como assistente editorial.
 
WALTER PORTO – Paulistano de 21 anos, está terminando de cursar relações internacionais na USP. Curioso para desvendar as diferentes culturas e personalidades que compartilham o mundo com ele, diz ter uma paixão quase insalubre por cinema e literatura.
 
 
   

Trainees do programa integrado de arte e texto em foto de Zanone Fraissat/Folhapress
Trainees do programa integrado de arte e texto em foto de Zanone Fraissat/Folhapress

 

 

 

12ª TURMA DO PROGRAMA DE TREINAMENTO EM JORNALISMO GRÁFICO

ANA CLARA PACHECO – Tem 23 anos, recém-feitos. Estuda sociologia e já é formada em design gráfico. Diz divertir-se com trabalhos editoriais e tipográficos, além de amar misturar design com política.

ANDRÉ KISNER – Aos 20 anos, estuda design de games. Roteirista, ilustrador, animador e editor de vídeos nos projetos feitos, diz sonhar em passar suas ideias e projetos ao mundo. 
 
ANGELO DIAS – Formado em jornalismo, tem afinidade por diagramação. Também escreve ficção e faz roteiros para quadrinhos, com o eterno sonho de ser o novo Warren Ellis ou Isaac Asimov.
 
DIEGO BORGES – Jornalista, designer gráfico e gaúcho. Gosta do processo de criar e depois acompanhar o trabalho final impresso numa página de jornal.
 
GIOVANA BRESSANI – Cursa jornalismo na Federal de Ouro Preto. Acha eu o texto não é suficiente e tem se aventurado nas áreas de vídeo e diagramação.

LUIZ FERNANDO DE ARAUJO VALIM – É de Rancharia, no interior de São Paulo, e formado em jornalismo pela Unesp, em Bauru. Segundo ele,  uma frase que define bem por que escolheu (e ama) o jornalismo gráfico é “Quer que eu desenhe?”.

RENATA MELLEU CIONE  – Tem 25 anos e um coelho. É artista e designer.

TATIANA HARADA – Designer gráfico graduada pela Unesp, diz acreditar na interdisciplinaridade entre design e jornalismo e é apaixonada por belas páginas.