Você já conhece os trainees da turma 56?

Por aballes
trainees da turma 56
Os 11 trainees da turma 56

Os 11 trainees da turma 56 participam do Programa de Treinamento em Jornalismo Diário da Folha até 29 de novembro. As atividades começaram no último dia 12.

 

 

DAVID LUCENA –  Nasceu em Maceió e tem 22 anos. É formado em jornalismo pela Ufal (Universidade Federal de Alagoas). Gosta de política internacional e vai ao cinema em busca de lazer, escapismo e reflexão. Ser leigo em artes plásticas não reduz sua curiosidade pela produção contemporânea.

 FABRÍCIO LOBEL – Nasceu em São Paulo, tem 24 anos e se formou em jornalismo pela USP em 2013. Aproveita as horas diárias perdidas nos trens e metrôs da cidade para ler e colecionar histórias de pessoas comuns. É fascinado por temas que envolvem a cidade onde vive. Já teve experiências em redações de TV e de revista.

 GABRIELA TERENZI – Tem 23 anos. Proveniente de Belo Horizonte (MG), formou-se em comunicação social pela Universidade Federal de Minas Gerais, com passagem de seis meses pela Universidade de Bolonha, na Itália. Gosta de conversa fiada, analisar dados estatísticos e dormir tarde. É muito aberta a novos aprendizados, tão variados como dançar sapateado americano e preparar receitas com alcachofra. Espera que a Folha seja uma oportunidade de ver, viver e contar os mais diversos tipos de experiência.

 GUILHERME SETO   Nascido em São Bernardo, foi criado em Santo André, ambas cidades do ABC paulista. Aos 26 anos, é mestre em sociologia pela USP e cinéfilo, estudou nos últimos anos o cinema de Amácio Mazzaropi. Além das poltronas do cinema, frequenta semanalmente as arquibancadas do estádio do seu time do coração.

 INGRID FAGUNDEZ – Recém-formada em jornalismo pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), vive sua primeira experiência em um grande jornal, aos 21 anos. Do trabalho em pequenos veículos de Florianópolis, ficou o gosto pela reportagem. É leitora voraz de Borges, Cortázar e outros autores latinos.

 LUCAS TOLEDO – Tem 30 anos e é formado em relações internacionais. Gosta de idiomas, de linguística e de conversar com as pessoas. Viveu no Timor-Leste, na Austrália, na Alemanha, no Japão, na Itália e na Argentina.

 MARCELLE SANTOS – Nascida no Rio, tem 30 anos e passou parte da sua infância nos Estados Unidos.  Formada em comunicação pela UERJ, integrou as primeiras equipes do site Couchsurfing em São Francisco, na Califórnia. Adora explorar cidades a pé e de bicicleta. Sua última missão é encontrar o sonho de padaria perfeito aqui em São Paulo.

 MYUNG HWA BALDINI – É graduada em midialogia, pela Unicamp. Nascida em Curitiba, passou alguns anos em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e no interior de São Paulo, misturando sabores, sotaques e ritmos. Aos 22 anos, gosta de fazer perguntas e ouvir histórias, principalmente para recontá-las.

 PAULO GOMES – Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, tem 29 anos. Nasceu em Alagoas, mas foi criado em São Paulo. Apesar da experiência prévia em redações de esporte, gosta mesmo é de geopolítica africana, que já o levou a um curso sobre o continente e uma viagem ao Senegal.

 RAFAEL PERECIN FOLTRAM – É um paulistano por acidente que passou a juventude em Piracicaba (SP), onde quase se tornou engenheiro florestal. Aos 24 anos, está terminando jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e vive na contradição entre o mato e o asfalto, a capital e o interior. Hoje, só o jornalismo é unanimidade.

 STEFANIE CARLAN DA SILVEIRA – Tem 28 anos, é jornalista, mestre em comunicação e doutoranda na mesma área na Universidade de São Paulo. Já trabalhou em agência de notícias, jornais, sites e rádios. Gaúcha, vegetariana, é fã de “Friends”, Beatles e tecnologia em geral.