Vida na Redação (6)

Por rbotelho

Por Daniel Lomonaco, trainee da turma 54

Uma página por dia

“Quatro pessoas pra fazer só uma página? O seu trabalho deve ser tranquilo, né?” É o que mais ouço de amigos de dentro e de fora da Redação quando digo que estou trabalhando na coluna “Mercado Aberto”, a tradicional página 2 do caderno “Mercado”.

A página se dedica a dar informações exclusivas sobre investimentos, novas estratégias e gestão de empresas brasileiras. A ideia é ser uma bússola para o empresariado brasileiro se orientar sobre as novas oportunidades que surgem no mercado.

Apesar de ser “apenas uma página”, como dizem alguns, a mesma deve contar com sete a oito informações exclusivas sobre investimentos de empresas. Essas informações devem ser divididas hierarquicamente: dependendo da relevância da informação (notícias de empresas grandes e de grandes investimentos) elas podem ser notas pequenas, notas grandes, colunas acompanhadas de fotos de empresários e abres (as informações mais importantes do dia).

Essas sete ou oito notícias devem ser descobertas todos os dias: a coluna sai diariamente no caderno “Mercado”, menos aos sábados. Por isso o trabalho de reportagem é intenso e desgastante. É preciso ligar insistentemente para empresas e para assessorias de imprensa para tentar levantar material que possa ser divulgado na página.   

Além disso, como a equipe é pequena, todos fazem de tudo. Reportagem, apuração, redação, ajuda no fechamento das artes, fotos e textos. O trabalho, que geralmente é bem dividido em funções nas outras editorias, é acumulado em “Mercado Aberto”.