Novo em Folha

Programa de Treinamento

 -

O blog é uma extensão do Programa de Treinamento em Jornalismo da Folha. É produzido pela equipe da Editoria de Treinamento, pelos trainees e por outros colaboradores da Redação da Folha.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

A pior profissão dos nossos tempos

Por Ana Estela de Sousa Pinto

Adivinhem quem ficou no final da fila entre 200 profissões avaliadas nos Estados Unidos pelo Career Cast?

Vou dar umas dicas: o ambiente de trabalho é abaixo da média, o nível de estresse é alto e o horizonte profissional é sombrio.

Pensou em repórter?

Acertou!

Reportagem é a pior profissão de nível superior a aparecer na lista. Pior que ela, só mesmo estas:

  • trabalhador em plataforma de petróleo (péssimo ambiente de trabalho e muito esforço físico)
  • soldado (péssimo ambiente de trabalho e estresse altíssimo)
  • produtor de leite (esforço físico alto, condições ambientais adversas e perspectivas econômicas declinantes)
  • lenhador (risco alto de acidentes, muito esforço físico)

Leia a matéria em português neste link.

É verdade que a situação americana é muuuuuuuito pior que a nossa.

Além do mais, olhando nossos companheiros de lanterna, uma coisa é preciso reconhecer: esta não é uma profissão para fracos! 🙂

ADENDO: só depois de publicar é que vi que a Cris tinha escrito sobre a mesma coisa aqui embaixo. O que acham os leitores? Será que a gente já está na situação da escova de dentes? Ela parece um pouco pessimista? E vocês, como se sentem?

Blogs da Folha

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Publicidade