Três bolsas para jornalistas profissionais

Por Luisa Pessoa

Três bolsas para quem já trabalha em jornalismo

Microbolsas da Pública para reportagens investigativas com o apoio da Fundação Ford. Quatro propostas receberão R$ 4.000 para concluir uma reportagem investigativa -em texto ou vídeo- em três meses. Inscrições até o dia 23 de março.

Bolsa para cobertura jornalística (em rádio, tv, impresso, web) da 67ª Assembléia da ONU, em Nova York, setembro a novembro de 2012. Os candidatos precisam ter entre 25 e 35 anos e estar atualmente trabalhando em uma mídia ‘bona fide‘ (o termo que usaram é esse; como não lembrar da cena do filme O Brother, Where Art Thou? ?) no Brasil. Quatro pessoas serão selecionadas e terão os custos da viagem e acomodação pagos, além de receber um subsídio diário. Inscrições até dia 30 de março.

Bolsas para o Canadian Journalists for Free Expression, na Universidade de Toronto (Canadá). O selecionado pode participar de quaisquer cursos da graduação ou pós-graduação da universidade. O objetivo da bolsa é promover o diálogo sobre questões atuais sobre o jornalismo e a liberdade de expressão na América. A bolsa vai de setembro (2012) a abril (2013). Os inscritos devem ter ao menos sete anos de experiência de reportagem ou edição. No ano passado, o jornalista mexicano Luis Horacio Nájera foi contemplado pela bolsa. Ele teve que sair de seu país devido às suas reportagens sobre o crime organizado (vídeo de 2010, antes dele receber a bolsa).   Inscrições até dia 2 de março.